quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Hvar e Split, Croácia

A viagem que fiz com meu marido para a Croácia foi uma mini lua de mel antecipada (8 meses antes do nosso casamento).

Fomos em Agosto/2013 e passamos a maior parte dos dias curtindo os beach clubs e em seguida apreciando os restaurantes locais.

 No auge do verão europeu, Hvar vira um destino de balada (no estilo Ibiza mesmo), e é bombardeada por muitos turistas brasileiros e europeus, principalmente italianos devido a proximidade e facilidade de ir de barco cruzando o Mar Adriático. 


Então caso você pretenda passar férias em família ou com crianças pequenas, talvez seja melhor evitar a alta temporada. Se você quer festa e agito, essa é a melhor época :)
 
No geral, gostamos bastante dessa viagem e ficamos maravilhados com a beleza natural do lugar.  Apenas sentimos que ainda podem melhorar um pouco no quesito tratamento a turistas...notamos que os funcionários eram na maioria jovens que tentavam ganhar uma grana extra durante o verão  em Hvar. Isso significa que o conhecimento deles a respeito da ilha é limitado, seja para reservar passeios, recomendar bons restaurantes locais ou mesmo indicar como é feito um determinado prato. Por isso, planeje seu roteiro e informe-se bem antes de chegar lá!
Como chegar: Do aeroporto internacional de Split você pode pegar um táxi, ônibus normal ou ônibus shuttle (próprio para turistas e faz o trajeto até a rodoviária no centro da cidade e ao lado do porto). Peguei a última opção, paguei cerca de 30kn direto pro motorista, a viagem durou cerca de 30 minutos e o ônibus era novo e tinha ar condicionado. Uma vez no porto, existe uma infinidade de ferrys que vão até Hvar – variam preços, tempo, quantas pessoas vão junto no barco. Para mais informações, veja aqui.

Hospedagem: Fiquei no Hotel Pharia, localizado bem próximo a praia e ao beach club Hula-Hula, mas um pouco afastado do centrinho de Hvar – cerca de 20 ~ 25 minutos a pé (foram essas caminhadas depois do jantar que salvaram a forma física durante essas férias). Foi uma opção barata e o motivo pelo qual escolhi este hotel foi o fato de ser mais afastado do porto no centro, onde não dá pra nadar. No entanto considerando que o mais legal é passar cada dia em um beach club diferente eu recomendaria ficar hospedado o mais próximo ao centro possível e pegar taxi boats pra passeios diversos em outras ilhas. 

Minha estadia no geral foi boa: quarto limpo, com ar condicionado, tamanho considerável e alguns tem até vista pro mar. Pontos negativos: sem frigobar e toalhas nada macias!! Afinal, quem quer chegar da praia, tomar um banho e se enxugar com uma toalha que mais parece uma lixa? 

O café da manha era servido em uma sala bem agradável, num mix de área interna e varanda, mas a variedade de alimentos era um pouco limitada. Havia um mercadinho local bem próximo e muito barato.

Hotel Pharia
Endereco: Put Podstina 1, Hvar, Croácia

Beach Clubs: Faça reserva antes! Em geral, paga-se pra passar o dia e o valor depende se você quer ficar numa espreguiçadeira normal, com ou sem guarda-sol, ou numa cama mais confortável...
 
A maioria tem musica rolando desde cedo. Os DJs chegam por volta das 15h e já vai virando balada. Os táxi boats funcionam de madrugada pra levar e trazer a galera, mas fique atento aos horários.

Aqui está a lista dos lugares que visitamos: 

- Carpe Diem Beach
Bem famosinho, música legal e boa quantidade de espreguiçadeiras. Vários drinks feitos por garçons animados. Mas quando fomos a ducha estava quebrada, só tinham 2 banheiros e ainda opções limitadas de cardápio (naquele dia da semana apenas comida japonesa!!!) 





 

- Bonj Les Bains 
Um lugar lindo = mix de beach club e spa. Achamos bem caro pra passar o dia, mas adoramos tomar um vinho branco geladinho depois do jantar.






Opção barata pra passar o dia na praia. Não recomendo almoçar lá!

Perfeito pra fazer um esquenta e começar a noite.


- Lounge Bar Laganini (Palmizana) 
Nosso favorito! Tem q pegar um taxi boat até a ilha de Palmizana. 


Restaurantes: 
 
O espaço é a representação de uma varanda veneziana. Boa comida italiana e vista excelente pro porto de Hvar.



- Gariful : Seafood 



- Konoba Menego : Uma taverna com comida local

- Zori 


Passeios:    Existem muitas opções de passeios e day trips. O taxi boat é sempre a opção  mais barata, mas também dá pra alugar um barco particular com motorista. 

Recomendo uma visita ao Fortress que fica no alto de um morro . A caminhada é um pouco longa (possível ir de táxi), mas a vista do topo valeu a pena - reveja a primeira foto deste post para mais detalhes. Tem um bar e restaurante lá em cima.




Split:   Passamos uma noite em Split antes de pegar o voo de volta pra Zurique. O centro turístico é pequeno, mas charmoso. Gostamos bastante e os preços são MUITO mais baratos que Hvar.




 
Dicas importantes: 

1.) Faça reserva pra tudo, seja em restaurantes ou para passar o dia relaxando nos beach clubs. Eles levam isso muito a sério, especialmente na alta temporada.

2.) Como a praia não tem areia mas sim pedrinhas, recomendo levar sapatinhos próprios pra caminhar e nadar nessas condições. É possível comprar direto em Hvar naqueles quiosques que vendem coisas de praia.