segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Reims (Champagne), França

Um lugar que é a cara da riqueza e onde tomar champanhe no café da manhã é absolutamente normal!

A região fica no nordeste da França e leva este nome pois (surpresa!!) concentra a produção de toda a champanhe do mundo. Nas principais cidades Reims e Epernay estão as mais famosas casas de champanhe, entretanto foi nos vilarejos que encontramos o melhor custo-benefício e fizemos um pequeno estoque pra trazer pra casa.






 






Nossa estadia durou 3 noites e decidimos ficar hospedados em Reims, pela oferta de restaurantes e comércio.

Como chegar: Fomos de carro saindo de Zurique, mas existem boas conexões de trem saindo de algumas das principais cidades francesas como Paris, Bordeaux, Nantes, Strasburg. Mais detalhes, aqui.

Hospedagem: Ficamos na rua principal de Reims no Grand Hotel du Nord.
Positivo = Super central. Banheiro do quarto recém reformado. Pegamos um quarto nos fundos do hotel (e não pra rua) por isso não era barulhento.
Negativo = Quarto minúsculo, sem ar condicionado ou ventilador e sem frigobar.
                 
Endereco = 75 Place Drouet, Reims 51100
Dica = Ao invés de pagar extra pelo café da manhã no hotel, fomos no Le Cafe de Reims, que era ao lado.  Mais barato, super agradável e um croissant delicioso.

Casas de Champanhe
Consulte os sites de cada lugar para mais informações a respeito de visitas, horários de abertura e preços. Em alguns casos, é necessário fazer reserva por telefone ou e-mail.

 1.) Em Reims
  • Veuve Clicquot: Foi o primeiro que visitamos. O tour é bem comercial e muito bem feito. Nosso guia era experiente e falava com paixão sobre a história do lugar.
     
     
  • Taittinger: Essa foi a champanhe patrocinadora da Copa do Mundo 2014. Para o tour demos azar de pegar uma guia que ainda não tinha tanta experiência. Conclusão = ouvimos um texto decorado!

 

Infelizmente, não tive tempo de visitar estes abaixo =

2.) Em Epernay
3.) Route du Champagne
Para ir de Reims até Eperney, o ideal é pegar a Route du Champagne e não a auto estrada. No caminho tem uma infinidade de produtores de pequeno e médio porte. Você pode ainda passar por Troyes no caminho e fazer uma pausa nesta charmosa cidadezinha medieval.

Minhas recomendações são =
  • Champagne Cattier: Excelente Blanc de Blancs
  • Champagne Marguet: Fica em Ambonnayregião famosa pela produção de  Grand Crus.  Este produtor em particular é bem pequeno com conhecimento passado de pai pra filho.
  • Champagne SaintRéol: Cooperativa de produtores pequenos, produzem somente Grand Cru e vendem a preços excelentes. 
Restaurantes  
 
Les 3 Brasseurs: Uma cervejaria em Champagne! Sim, pra quem quiser um break de champanhe, visite este lugar. Boa comida e boa cerveja!


Il Duomo: Ótimo italiano.
 
 
Brasserie Flo: Tem que fazer reserva com antecedência.


Café du Palais: Perfeito pra uma pausa no meio da tarde.




Dica Imperdível
Se estiver de carro, não deixe de visitar o Perching Bar em Verzy. É um bar suspenso, com uma vista maravilhosa e decoração sensacional.

Nos caímos na besteira de ir de táxi, pois confiamos em uma pessoa local que disse ser apenas 10 minutos do nosso hotel. Ao invés de checar na internet, simplesmente entramos em um táxi. Bom, o trajeto na verdade levou 35 min e a conta saiu mais salgada que esperávamos. O pior foi não ter como voltar depois...nenhum taxista queria vir de Reims nos buscar sem cobrar uma taxa extra e nenhum deles aceitava cartão de crédito (nossos Euros se esgotaram para pagar o táxi da ida). No fim, um casal desconhecido nos deu carona e salvou nossa noite!